As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

Guia Gap Year na Europa | EF GO Blog

Guia

Os Gap Years apresentam-se numa variedade de destinos e itinerários: aprender uma língua, obter experiência internacional, ou explorar o mundo um país de cada vez. Estas são apenas algumas das possibilidades (e vantagens) de fazer uma pausa da escola ou do trabalho. Dá uma vista de olhos no nosso grande Guia Gap Year na Europa!

Depois dos Estados Unidos, Ásia, Austrália e Nova Zelândia, está na hora de ver o que a Europa – ou seja, o continente onde comida deliciosa, culturas cativantes e paisagens de tirar o fôlego nunca estão a mais do que uma curta viagem de comboio ou de avião – tem guardado para entusiastas de gap year.

Porquê a Europa?

A Europa é um continente cheio de cidades cosmopolitas, espantosas cordilheiras montanhosas e praias tranquilas em ilhas perfeitas. Com tanta variedade de experiências fantásticas para oferecer, há mais do que suficiente para satisfazer a tua vontade de viajar, independentemente de onde ela venha. Quer seja fazer ski ou caminhada pelos Alpes, desfrutar do sol nas praias de Espanha ou de França, ou fazer uma maratona de compras em Milão ou Londres: poucos sítios têm tanta história e fama como estes. A Europa oferece a mistura perfeita de edifícios modernos, bairros icónicos e conhecidos pontos turísticos.

Explorar o mundo e ampliar os teus horizontes nunca foi mais fácil: passear por toda a Europa pode ser feito em conforto e com estilo. E tudo através do teu modo de transporte favorito. Além disso, pensa na gastronomia! Tão variada como as paisagens, uma esplêndida variedade de pratos espera pelo viajante esfomeado (ou que apenas ama comida). Delicia-te com pequenas tapas em Madrid, fica com água na boca com carbonaras cremosas em Roma ou devora uma weisswurst em Munique.

Aprende ou ensina no estrangeiro

A diversidade da Europa não é só culinária ou geográfica, é também linguística. Por isso, vais ouvir uma panóplia de línguas diferentes e muitos dos países são bilingues ou multilingues. Por isso, porque não aprender uma língua no estrangeiro? Na EF, sabemos que não há maneira melhor de aprender uma língua do que ao mergulhar diretamente na cultura que estás a descobrir. Inscreve-te num curso de Espanhol e muda-te para a colorida cidade de Barcelona; aprende Inglês enquanto exploras a agitada cidade de Londres; desfruta da solarenga cidade de Nice enquanto melhoras o teu francês; ou vive ‘la dolce vita’ enquanto te tornas fluente no Italiano, na icónica cidade de Roma. Não só vais praticar o teu novo vocabulário todos os dias e aprender rapidamente (nós prometemos!), mas também vais fazer amigos para a vida e ficar a conhecer a nova cidade a que chamas casa.

Passar parte de um gap year a ensinar no estrangeiro é uma escolha popular e muito recompensadora! Durante a semana de trabalho podes ensinar línguas ou qualquer outra competência. Em alguns casos podes até obter uma qualificação internacionalmente reconhecida. Usa os teus fins de semana e feriados para viajares pelo teu país de acolhimento (e o resto da Europa). Além disso, podes financiar a tua exploração internacional através do teu emprego. Vais ter a satisfação de saber que estás a fazer a diferença para outros e também é ótimo para o CV!

Explora mais à vontade

Com tantos países amontoados tão perto uns dos outros, é super fácil explorar um monte deles rápida e sucessivamente. Não são necessários voos de longa distância. Aliás, podes acordar numa cidade e adormecer num país totalmente diferente, sem sequer precisares de embarcar num avião. Guarda o passaporte na mala e arranja um passe de Interrail que te deixa utilizar uma rede de comboios de alta-velocidade que atravessam a Europa. Desta forma, viagens internacionais parecem canja. Um mês de interrailing e de passeios turísticos pelas maiores cidades da Europa pode ser a continuação perfeita para o teu trajeto, depois de alguns meses de trabalho no estrangeiro.

Se preferes chegar ao teu destino ainda mais rápido, podes apanhar voos de curta-duração em qualquer capital (e por vezes até em cidades mais pequenas) em todos os países. Companhias aéreas lowcost como a Easyjet, Ryanair, e Monarch oferecem voos maravilhosamente baixos. Ainda mais, se reservares com antecedência ou se viajares a meio da semana ou em época baixa. Fica atento a promoções também, uma vez que podes encontrar uma verdadeira pechincha ao último minuto.

Faz uma temporada

Encontrar emprego no estrangeiro é uma ótima maneira de financiares as tuas viagens internacionais durante um gap year. Além disso, vais te divertir imenso ao passares tempo com pessoas que partilham as tuas opiniões e ideias, enquanto aprendes uma nova língua e reforças a experiência global. Todas estas competências vão fazer furor no teu currículo. Felizmente, existem muitas opções de trabalhos sazonais numa variedade de países europeus, pelo que há algo para todos. O nosso Guia Gap Year na Europa ajuda-te:

Instrutor de ski

Se gostas de fazer ski, não é preciso pensar duas vezes para te inscreveres numa aula de ski. Além disso, se ainda não consegues aguentar aquelas encostas, um gap year pode ser a altura perfeita para aprenderes. Os resorts de ski estão sempre à procura de staff: as escolas de ski precisam de instrutores, enquanto as operadoras de turismo procuram trabalhadores para conduzirem atividades pelos Alpes ou cozinheiros experientes para trabalharem nos chalés de madeira nas aldeias alpinas.

Normalmente as grandes empresas (como Crystal e Nielson) podem não te pagar muito. No entanto, tens direito a alojamento, passes para os elevadores e um kit de ski só para ti. E a melhor parte: podes passar até seis meses a respirar ar fresco da montanha e fazer ski em algumas das melhores pistas no mundo. Escolhe um resort a uma altitude elevada – como Tignes, Val d’Isere, ou Val Thorens. Isto garante-te uma época mais longa, por causa do derretimento da neve, além de que te dá uma área de ski enorme para explorares. Lembra-te de planeares com antecedência – as entrevistas para os trabalhos de inverno começam em Junho ou Julho.

Instrutor de desportos aquáticos

Alternativamente, podes ir aproveitar o sol como instrutor de desportos aquáticos. Assim, podes passar os meses de verão a ensinar vela na costa de Sicília ou ir para Tenerife e te tornares instrutor de mergulho PADI. Se gostares de fazer vela, websites como CrewRecruit tornam fácil encontrar empregos marítimos. Podes trabalhar como membro da tripulação numa variedade de barcos à vela ou iates, com qualquer nível de experiência. Para aqueles que não conseguem acompanhar o ritmo de Ibiza ou Maiorca, os representantes de resorts estão sempre em alta procura nas ilhas de festas do Mediterrâneo. Se ainda estás à procura de ideias, o website Seasonworkers faz com que seja fácil encontrar um trabalho e tem uma variedade de opções para te inspirares.

Em termos práticos

Os vistos na Europa variam entre os países e dependem da tua nacionalidade. Certifica-te de que fazes a tua pesquisa e que tens o passaporte válido para o período de tempo que planeias estar no estrangeiro. Além disso, certifica-te que deixas tempo suficiente para obteres o teu visto. Há muitos sites que descodificaram toda a linguagem jurídica para te dar uma resposta simples, independentemente do teu plano. Faz a tua pesquisa, lê novamente o nosso Guia Gap Year na Europa e parte numa aventura!

 

Guia Gap Year na Europa

Descobre os nossos destinosSabe mais