As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

O Derradeiro Guia para um Gap Year Perfeito

O

Um artigo publicado anteriormente no EF GO Blog descreve um gap year de duas maneiras:

gap year (gæp jɪr)
substantivo

  1. uma forma incrível de ganhar na vida
  2. um período – por vezes antes, durante ou depois da universidade – em que uma pessoa faz uma pausa para viajar pelo mundo, aprender línguas, trabalhar, fazer voluntariado ou estagiar.

Qualquer que seja a maneira como olhas para isto, um gap year é uma oportunidade ideal para te focares no teu desenvolvimento e utilizar o teu tempo para explorar o mundo. Quer estejas quase a embarcar num gap year, ou simplesmente a considerar fazer um, podes ter a certeza de que traz imensos benefícios; permite-te dominares a tua independência, dá-te tempo para refletir, permite-te aprender uma língua e/ou aumenta a tua empregabilidade, por exemplo.

Sentes-te sobrecarregado? Não tenhas medo – nós preparámos o Derradeiro Guia para um Gap Year Perfeito, com todas as coisas que deves considerar quando estiveres a pensar em fazer um gap year.

 

1. Poupar dinheiro para um gap year

Define os teus objetivos

Tens um ano inteiro para fazeres o que queres e por isso é que é tão importante fazeres uma estimativa das tuas despesas o quanto antes. Tem em consideração o alojamento, transportes e custos de vida, para que possas calcular o “dinheiro para diversão” que podes gastar em comer fora, atividades e qualquer outra coisa que queiras fazer.

Faz pesquisa

Todas as cidades ou países que visites vão ter diferentes custos de vida. Países na Europa, por exemplo, vão ter custos de transporte diferentes dos dos Estados Unidos, por isso prestar atenção a esses pequenos detalhes vai poupar-te dinheiro se os tiveres em conta e te preparares. Além disso, também te permite ter a certeza de que podes maximizar a tua experiência em cada lugar, para que possas tirar o máximo proveito da experiência, com pouco.

Faz sacrifícios

Ora, ninguém está a dizer para te tornares num eremita, mas as atividades sociais vão aumentando quando estás a poupar para um gap year. Sê disciplinado e considera reduzir as tuas despesas durante algum tempo. Não só vais poupar dinheiro, mas também vais ter a oportunidade de praticar as tuas competências de gestão de orçamento.

Trabalha

O melhor fator de diversão num gap year é que te podes libertar do teu horário das 9 às 17 a que já estás habituado. Para poderes fazer isso tens de garantir que tens dinheiro suficiente, o que significa que tens de arranjar um emprego, ou fazer horas extraordinárias. Este investimento a curto prazo vai compensar-te a longo prazo. A maioria tem vergonha de perguntar, mas pede aos teus amigos e família para não gastarem dinheiro em presentes materiais, mas sim para usarem esses dias especiais para contribuir para o teu orçamento para a viagem! O que é que poderia ser um presente melhor?

Sê proativo

Numa situação ideal, já atingiste o teu objetivo de poupança – mas o planeamento não acaba aqui. Agora está na altura de tornar o teu sonho realidade. Alojamento, transportes e atividades são normalmente mais baratos quando são reservados online depois de alguma pesquisa, por isso certifica-te que fazes as reservas o mais cedo possível.

 

2. Para onde ir?

Encontra o teu destino de sonho

Esta viagem é sobre explorares os lugares com que tens sonhado. Certifica-te que escolhes um destino que te entusiasme culturalmente bem como no teu tempo livre, para que possas aproveitar ao máximo.

Imerge-te numa nova língua e cultura

Um gap year é também uma ótima oportunidade de melhorares o teu CV para candidaturas para a universidade ou emprego. Começar a aprender uma língua é um desafio, mas não é tão difícil quando estás completamente rodeado de falantes diariamente.

O segredo está em encontrares uma língua que te interesse, mas que também seja útil para futuros empregadores. À medida que o mundo se torna mais globalizado, é importante que fales a linguagem para teres uma vantagem competitiva. É uma boa ideia procurar um curso que ofereça não só a aprendizagem da língua, mas também atividades organizadas que te permitam explorar a área local e imergir-te completamente.

Condições/restrições de visto

Não é o mais divertido, mas é crucial. Certifica-te de que te familiarizas com as limitações do teu visto. Em alguns casos, podes pedir um visto de trabalho temporário, o que aliviaria a carga no teu orçamento enquanto te imerges completamente na língua local. Em alguns destinos, podes não ter permissão para trabalhar, mas podes fazer voluntariado! Verifica as limitações para que possas reforçar o teu CV com novas experiências.

3. Durante o teu gap year

Tira fotos

As memórias que vais criar durante este tempo vão ser impagáveis. Se és fotógrafo, escritor, scrapbooker, ou cineasta, certifica-te que pões essas habilidades a bom uso e crias conteúdo durante a tua viagem, para partilhares (ou até só para ti no futuro). Esta vai definitivamente ser uma altura que quererás refletir sobre no futuro, por isso é uma boa ideia andares com um diário. Todos os dias, reflete sobre o que fizeste e experimentaste e termina com três coisas pelas quais estejas grato.

Desafia a tua zona de conforto

A parte mais importante do teu gap year é permitires-te ser inspirado. Desafia a tua zona de conforto para que cresças pessoalmente e aumentes os teus círculos sociais. Imensas empresas organizam eventos especiais que são concebidos para reunir viajantes.

Escreve à tua família!

Provavelmente o ponto mais importante! Enquanto te andas a divertir pelo mundo, certifica-te de que escreves para casa e que falas com a tua família e amigos. Mantém-te ligado, partilha e inspira! Ah e n#ao te esqueças de ir conferindo o nosso Derradeiro Guia para um Gap Year Perfeito!

 

Derradeiro Guia para um Gap Year Perfeito

 

Descobre os nossos destinosDescobre mais

Não se limite a aprender uma nova língua, viva-a!
11 línguas e
52 destinos

Sabe mais