As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

Coreia: Porque é que o mundo está obcecado?

Coreia: Porque é que o mundo está obcecado?

Desde que o Gangnam Style tomou o mundo de assalto em 2012, histórias estranhas e maravilhosas sobre a Coreia do Sul aparecem literalmente todas as semanas – quer seja a revelação que o Starbucks de Seoul vende cachorros quentes, outro video maluco de K-Pop tenha caído no YouTube ou alguém tenha descoberto que o termo de calão Coreano para uma pessoa não casada é “Bébé Grande”.

Os intercâmbios na Coreia do Sul estão na moda!

Decidimos que está na altura de descobrir porque é que o mundo está obcecado com tudo o que é Coreano. E porque é que os gap year na Ásiasão um fascínio.

K-Pop

Já ouviste falar nos BTS? A “maior boys band do mundo”, de acordo com os canais internacionais de notícias, são os primeiros artistas Coreanos a chegar ao Top200 da Billboard e são a conta de Twitter Coreana com mais seguidores. Se não conheces, nós temos um guina de iniciantes de K-Pop pronto para ti.

Os “Bangtan Boys” simbolizam o género K-Pop com hip-hop que fica no ouvido e com melodias dance-pop ousadas, e são ultra estilosos. Se precisas de uma introdução na música Coreana, vê o seu inovador segundo albúm “Wings”. Depois pesquisa “K-Pop” no Youtube e perde-te.

Ainda não estás convencido sobre esta coisa do K-Pop? Check out our quick primer

Seoul

Seoul é ridiculamente fixe. Arquitetura futurista em todo o lado, centros comerciais incríveis com todo o último grito da moda, bares de karaoke e cultura antiga maravilhosa.

Dá um passeio pela vila de Bukchon Hanok, maravilha-te com o palácio de Gyeongbokgung e depois vai comer Kimchi até estares satisfeito. Seoul também é uma das principais SMART cities do mundo, portanto é incrivelmente inovadora e moderna. Lê mais sobre isso aqui

Moda & Beleza

Nos últimos anos, a moda contemporânea e a beleza deram um salto na Coreia. Tipo, a sério. Inspiradas nas têndencias do Oeste, a beleza e moda Coreanas transformaram-se rapidamente numa parte única da cultura da Coreia do Sul.

A Semana da Moda de Seoul faz com os Coreanos estilosos usem uma variedade de cores, padrões e silhuetas, com vestuário desde roupa de rua casual até conjuntos “kawaii”. ‘Mas o que significa kawaii?’, perguntas-te. É um termo que eles usam para tornar tudo fofinho. Pensa na Hello Kitty ou (alguns tipos de) manga. Estes novos olhares nas tendÊncias modernas estão a inspirar os outfits das pessoas no mundo inteiro.

Entretanto, no mundo da beleza da Coreia do Sul, tudo se resume a ter uma pele limpa e brilhante. A famosa “rotina de 10 passos para cuidar da pele” surpreendeu o mundo e com tantas produtos Coreanos para a pele no mercado, não é de espantar que a beleza Coreana tenha ganho tanto interesse internacional.

Para finalizar, deves ler este artigo para saber porque deves passar um dia dos namorados na Coreia.

Língua

Falar Coreano está tão na moda.Primeiro, é bom ter esta carta na manga para o futuro, especialmente com o boom deste país e a sua economia tecnologicamente avançada.

Segundo, apesar de o coreano ser apenas a 17ª língua mais falada no mundo, vai parece extra impressionante tê-la no currículo. Aqui podes ver toda a informação sobre um curso intensivo de coreano.

Ah, e isto é para não falar de todas as telenovelas coreanas que vais poder ver se fores fluente. Dá uma espreitadela no YouTube – são tão… dramáticas! (e fixes.)

Tecnologia

A Coreia é um paraíso de tecnologia. Tem uns elevadíssimos 82,7% de penetração de ineternet, enquanto 78,5% da população tem um smartphone. Também tem a internet mais rápida do mundo e o melhor serviço 4G, por isso nunca mais vais ser deixado com 3G intermitente.

No topo desta onda de tecnologia está o pro-gaming. Salões enormes de vídeo jogos estão espalhados pelo país inteiro, enquanto estádios esgotados recebem batalhas virtuais épicas entre gamers famosos. Dá uma vista de olhos ao Starcraft ou League of Legends e vais perceber a ideia.

Aprende Coreano RapidamenteInformação & Preços

Compartilhe esse artigo

Últimos artigos de Cultura