As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

8 razões para visitares Seul

8 razões para visitares Seul

Razões para visitar Seul? Seul é uma onda crescente de criatividade. Desde a moda à comida, da arquitetura à arte, a cidade tornou-se num refúgio criativo para aqueles que procuram deixar a sua marca.

Esta cheia de habitantes que definem as tendências e que ajudaram a criar uma cidade futurista que continua a honrar o seu passado inconfundível.

Templos e arranha-céus misturam-se ao longo da cidade, enquanto chefs aclamados fundem pratos do passado com as novas tendências saborosas da famosa cozinha sul-coreana.

É realmente uma cidade construída para os curiosos, para aqueles que não gostam de ficar parados. Se ainda não estás convencido, aqui estão oito razões pelas quais Seul devia ser o teu próximo destino de férias.

1. Veste-te para impressionar

Seul emergiu como uma das cidades mais vanguardistas da moda a nível mundial. A sua “Semana da Moda”, que exibe as mais recentes exibições de arte de rua da autoria dos numerosos designers da cidade, tornou-se num evento de visita obrigatória para especialistas desta indústria.

Este evento de grandes dimensões ocorre duas vezes por ano em março e em outubro. É o evento de eleição para designers sul-coreanos de prestígio e em lançamento para apresentarem as suas coleções de rua aos curiosos pela indústria.

Se o coreano não é o teu forte, temos dicas para aprenderes coreano rapidamente. Ou então, prepara as malas e faz um intercâmbio na Coreia.

2. Descobre o verdadeiro Gangnam

O mundo pode ter apenas começado a prestar atenção ao Gangnam graças ao grande hit de K-pop do Psy, mas este bairro badalado tem estado há muito tempo na vanguarda do surgimento de Seul como uma cidade que define as tendências. Se Seul é a capital asiática do cool, o Gangnam é o seu coração criativo. Tornou-se no epicentro dos negócios na Coreia e da cultura pop; enquanto as grandes empresas internacionais continuam a espalhar-se pelo distrito. O Gangnam é também número um em Seul no que toca à vida noturna, com os seus moradores a descontraírem depois de um dia de trabalho nos bares que se prolongam pelas ruas iluminadas a néon desta área próspera. Durante o dia, vais encontrar uma grande variedade de atividades, incluindo fazer compras em boutiques coreanas; visitar o parque temático Lotte World; e relaxar no templo budista de Bongeun-sa.

3. A aventura está a chamar-te

A capital da coreia do sol pode ser o lar de cerca de 10 milhões de pessoas. No entanto, podes rapidamente escapar das multidões e aproveitar o ar livre que a cidade proporciona. Adiciona verdadeiras aventuras à tua viagem ao visitar o parque nacional Bukhansen, a apenas 45 minutos de metro do centro de Seul. Aqui, vais encontrar trilhos de caminhadas para todos os níveis, incluindo o caminho de Bukhansanseong; que leva os pedestres ao cimo da montanha mais alta da Coreia do Sul, Baegundae. Também vais encontrar diversos lugares verdes paradisíacos espalhados pela cidade, incluindo a floresta de Seul, que na primavera produz flores de cerejeira perfeitas e dignas de uma fotografia.

4. Enche a barriga

Enquanto a música nacional e os programas televisivos apenas aderiram recentemente ao panorama global da cultura pop; a comida coreana é há muito tempo uma parte relevante da cultura deste país para os apreciadores de gastronomia local. E apesar das “Koreantowns” espalhadas por todos os cantos do mundo, o melhor lugar para ter acesso ao sabor autêntico da Coreia do Sul é nas ruas de Seul. Os coreanos simplesmente não inventam pratos aborrecidos, e em Seul, vais ter acesso ao melhor bulgogi, bibimbap, e galbi da zona.

5. Recua no tempo

A linha do horizonte em crescimento da cidade de Seul pode apontar para uma cidade que apenas olha para o futuro, mas a cidade está repleta de pérolas culturais que salientam o passado encantador da cidade. Recua no tempo com uma visita aos Cinco Grandes Palácios localizados em Jongno e Jung-gu. Estes monumentos incluem o palácio Gyeongbokgung do século catorze e o palácio Changdeokgung considerado património mundial da humanidade pela UNESCO. Noutros locais, vais encontrar templos budistas perfeitamente preservados, como os famosos Jogyesa e Bongeunsa.

6. Conhece o futuro

Em Seul, a busca constante pela inovação viu a cidade tornar-se num país das maravilhas das altas tecnologias. Gaba-se de ter a velocidade de conexão de internet média mais rápida do mundo; uma gigantesca Digital Media City; e algumas das maiores empresas da indústria das tecnologias, incluindo a Samsung. Independentemente de onde venhas, vais perceber que os habitantes de Seul estão a viver no futuro. De smartphones mais modernos a tablets de nova geração, os trabalhadores de Seul não só abraçam as novas tecnologias, eles criam-nas.

7. Experimenta o Soju

Seul tem uma mantra “work hard, play hard” que pode desafiar qualquer cidade no planeta. Quando os relógios dos seus habitantes marcam horas entre as 9 e as 6, eles dirigem-se para Gangnam, Hongdae e Itaewon onde usufruem de uma garrafa de soju, ou quatro -uma bebida sul-coreana derivada do arroz. Nenhuma visita a Seul está completa sem visitares um noraebang (que significa sala de música). Estes estabelecimentos de karaoke, populares desde sempre, têm sido os alicerces da cultura coreana por diversas décadas. Podem ser encontrados ao longo da cidade de Seul. Simplesmente procura o microfone néon numa janela quando estiveres pronto para libertar a estrela rock ou pop que há em ti.

8. Vai para além da capital

Seul é a ideia base para explorares tudo o que a Coreia do Sul tem para oferecer. Numa hora de avião consegues chegar à cidade de Busan, conhecida como Miami da Coreia do Sul, e à Ilha de Jeju; que é famosa pelas suas praias banhadas por sol e pelas magníficas paisagens vulcânicas. Também vais poder usufruir de uma excelente rede de transportes que te pode levar à famosa fortaleza de Hwaseong (um local que é considerado património mundial da humanidade pela UNESCO, em Suwon); ao vale Pocheon Art (um complexo natural paradisíaco); e ao templo montanhoso de Mangswolsa (um templo budista milenar na Fortaleza Namhansanseong).

Experimenta o mundo asiático, alia o curso à viagem da tua vidaSabe mais aqui

Compartilhe esse artigo

Últimos artigos de Viagem