GO Blog | EF Blog Portugal
As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
MenuRevistas Grátis

10 razões porque devias passar o verão em Malta

10 razões porque devias passar o verão em Malta

Com 7000 anos de história e 8 meses de verão, Malta é uma ilha paradisíaca única e sempre com sol no meio do Mediterrâneo.

Descobre as 10 razões pelas quais devias passar o verão em Malta:

1. É ideal para experimentar praias

Sendo um arquipélago, Malta é um paraíso para os fãs de praia. Podes nadar na Golden Bay Beach, que é vigiada por nadadores-salvadores ou escolher um desporto aquático à volta de Mellieha Bay. Passeia pela areia vermelha da Rambla Bay e da San Blas Bay, ou desce os cem degraus para relaxar em Ghajn Tuffieha. E claro, não te esqueças de visitar a estupenda Blue Lagoon de Comino, com um nome que mal faz jus às suas águas cristalinas e brilhantes que parecem de outro mundo. Podes ver aqui o nosso guia completo das melhores praias da ilha.

2. É uma ilha festiva

Se gostas de comer e festejar, Malta é o destino ideal para ti. Com habitantes locais que sabem bem como fazer uma boa festa em nome de algumas das iguarias mais deliciosas, vais encontrar festivais dedicados à cerveja, ao vinho, aos citrinos, aos morangos, ao pão, ao chocolate, aos figos e às azeitonas.

3. Maravilhosa Valletta

Barroca e contemporânea ao mesmo tempo, a capital de Malta é classificada como cidade património mundial da UNESCO e é impossível de ignorar. Cheia de varandas coloridas, ruas sinuosas e a Catedral de S. João decorada com grande riqueza – e completada com um quadro de Caravaggio. Valetta é uma lembrança fascinante dos danos que Malta sofreu durante a II Guerra Mundial. A cidade tem uma coleção de abrigos, capelas e túneis subterrâneos, alguns dos quais podem ser visitados.

4. Passeia sem destino por Birgu

Birgu é a mais antiga das Três Cidades fortificadas de Malta, juntamente com Senglea e Cospicua, um trio que, se as suas paredes falassem, contariam inúmeras histórias de Malta. Esta minúscula cidade medieval oferece um vista deslumbrante sobre as águas de Valletta tem inúmeros fortes, igrejas e museus, incluindo o Palácio da Santa Inquisição, um dos últimos a sobreviver na Europa. Passeia pelas suas praças, bebe um café com vista para o mar e faz uma caça ao tesouro no mercado de velharias de Fuq Il- Fortini numa manhã de domingo.

5. Junta-te à festa

O verão em Malta estende-se de abril até setembro e, durante a época das festas, os habitantes locais celebram os seus santos padroeiros – e fazem-no muito bem! Estes eventos são um mar de festas de rua, banquetes, vendedores ambulantes, fogo-de-artifício, música e igrejas enfeitadas com as suas melhores decorações. E, claro, também há comida para provar nesta altura de festas. Pensa em canolli (tubos de massa recheados com creme), imqaret (rolos de figo fritos), nougat e donuts.

6. Vai passar um dia a Gozo

Com uma atmosfera mais tranquila, pitoresca e singular, esta ilha, a apenas 20 minutos de ferry de Malta, chama visitantes para passar lá o dia, experimentar produtos locais e saborear vários cafés com vistas encantadoras. Enquanto passeares, não te esqueças de procurar praias escondidas entre a costa recortada e a calma das colinas verdes.

7. Faz um curso de mergulho

Queres aprender a mergulhar? Como um dos melhores locais para mergulhar da Europa, Malta tem escolhas de mergulho acreditadas pela PADI que te podem ensinar. Tanto mergulhadores experientes como iniciantes podem mergulhar nos mais de 100 pontos de mergulho que Malta tem para oferecer, muitos dos quais perto da costa e sem a necessidade de apanhar um barco. O que é que vais ver? Pensa em formações rochosas que se afastam da costa e formam arcos superiores, revelando cavidades, cavernas e chaminés. Ou então a vida marinha que atravessa recifes e espreita de cúpulas subaquáticas e naufrágios.

8. Come

A comida Maltesa é aconchegante, rústica e deliciosa. Enche-te de pastizzi (pasteis de ricotta ou puré de ervilha com especiarias), hob biz-zeijt (uma sandes Maltesa com molho de tomate e vários toppings). Depois experimenta bragioli (rolo de carne recheado), lampuki pie (quiche de peixe), stuffat tal-fenek (coelho estufado), bebbux (caracóis cozidos com tomate, alho, vinho e salsa), aljotta (sopa de peixe), ou gbejniet (queijo de cabra ou ovelha). Não comes carne vermelha? Há uma variedade infinita de pastas locais, marisco e pratos vegetarianos para te deliciares. Descobre aqui as melhores coisas para comeres em Malta.

9. Diversão noturna infinita

Malta está a ganhar fama no mapa dos bares Europeus. Pensa em bares de cocktails com um certo interesse em misturas, discotecas, rooftop bars, bares de vinhos, festas na praia, eventos ao ar-livre e concertos de verão por todo o lado. Em jeito de resumo, as corujas vão-se sentir muito bem acolhidas.

10. Um paraíso para os fotógrafos

Malta também pode ser traduzida como “impossível tirar uma fotografia má”. Lembra-te, este é um país com praias dignas de postais, ruas tiradas das páginas de um romance, cantos recônditos, refeições fantásticas, sítios históricos, reinos subaquáticos e nasceres e pores-do-sol gloriosos. O teu histórico do Instagram nunca esteve tão bom. Descobre aqui o instagram da EF Malta.

Se ainda não estás convencido, descobre aqui mais razões para escolheres passar o verão em malta como o teu próximo destino EF

Queres descobrir Malta ao mesmo tempo que aprendes Inglês?Marca já a tua viagem :)
Recebe as últimas novidades em viagens, línguas e cultura na nossa newsletter GOQuero inscrever-me

Não se limite a aprender uma nova língua, viva-a!
11 línguas e
52 destinos

Sabe mais