GO Blog | EF Blog Portugal
As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
MenuRevistas Grátis

4 razões para deixar o seu filho estudar no estrangeiro

4 razões para deixar o seu filho estudar no estrangeiro

Todos os dias pais dizem adeus aos seus filhos em portas de embarque em todo o mundo e perguntam-se como é que vão conseguir aguentar sem os seus bebés nos meses que se seguem. Nunca pensou que fosse chegar a sua vez, mas agora o seu filho pediu para ir estudar inglês no estrangeiro e tudo o que quer fazer é enrolá-lo num cobertor outra vez e mantê-lo são e salvo em casa. Enquanto pais é natural sentirem-se apreensivos em relação às grandes mudanças e aos grandes passos. Deixar o seu filho estudar no estrangeiro é uma decisão difícil. Pode parecer que enquanto eles crescem uma espécie de distância emerge, mas não se esqueça que esta distância é na realidade independência. É uma parte completamente normal e necessária do crescimento.

Apesar de não ser uma transição fácil, apoiar os seus filhos enquanto eles fazem o seu percurso no mundo e começam os seus estudos é um dos mais importantes presentes que lhes pode dar. Aqui estão apenas algumas das razões pelas quais deve deixar o seu filho estudar no estrangeiro.

É TEMPO BEM PASSADO ANTES DA UNIVERSIDADE

O período entre acabar o secundário e começar a universidade pode ser difícil. Enquanto um trabalho de Verão ou passar tempo com os amigos podem preencher o calendário, há outras maneiras de tirar vantagem desses longos meses. Em vez de olhar melancolicamente para o seu filho, jovem adulto, enquanto se questiona sobre como é possível que ele já tenha acabado o secundário, dê-lhe o melhor início para um futuro mais internacional encorajando-o a ir estudar Inglês (ou outra língua) no estrangeiro. Tempo passado a estudar no estrangeiro é um investimento inteligente visto que saber Inglês é, nos dias de hoje, um requisito em muitas, se não na maioria, das áreas.

Para além de os preparar para o futuro, enquanto estudam fora, os seus filhos também se vão deparar com uma variedade de situações de aprendizagem: desde lidar com a vida diária numa nova cidade e numa nova língua até conhecer novas pessoas de todo o mundo. Esta será uma experiência preciosa em si e nas repercussões que irá ter, mas também irá facilitar a transição para a vida de universitário e as pressões associadas a isso: o seu filho ou filha mais confiante e independente estará já habituado a trabalhar com objetivos concretos, a cumprir prazos e a tomar responsabilidade pelo seu sucesso académico.

PROMOVE A INDEPENDÊNCIA E A CAPACIDADE DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

Enquanto eles estavam debaixo da sua asa, as necessidades dos seus filhos, desde a alimentação à lavagem da roupa, eram amorosamente respondidas. Agora, de caras com a ideia do seu pequeno estar fora do país, sente-se tentado a continuar a tratar deles para toda a vida. Não se esqueça: o seu filho é agora um jovem adulto pronto a começar o seu próprio caminho. Durante o tempo em que eles estiverem no estrangeiro, vão provavelmente ser forçados a lidar com alguns desafios, mas não tenha receio: são oportunidades para o seu filho desenvolver competências importantes para a vida dele, desde a resolução de problemas ao pensamento e às ações independentes.

É A CHAVE PARA SER BEM-SUCEDIDO A NÍVEL PROFISSIONAL

O Inglês ainda é a língua global dos negócios e a capacidade de a utilizar efectivamente vai ajudar o seu filho ou filha enquanto se preparam para a sua futura carreira, qualquer que seja a sua área de estudos. Para além dos benefícios de ser bilingue (eles próprios inúmeros, desde maior empatia a um cérebro mais saudável e ágil), falar Inglês a um nível elevado abre portas por todo o mundo na sua carreira. Estudar Inglês no estrangeiro também vai levar o seu filho a contactar com profissionais e estudantes com interesses semelhantes aos dele e, quem sabe, o que poderá sair desses contactos no futuro? De potenciais futuros colegas a amizades para a vida, os benefícios de desenvolver uma rede de contactos enquanto se estuda no estrangeiro são infinitos.

NÃO É TÃO DIFÍCIL COMO PENSA

Enquanto vai certamente sentir ansiedade, há várias coisas que pode fazer para se sentir mais próximo dos seus filhos enquanto eles estão longe. Envie-lhes packs com os doces preferidos para irem comendo enquanto estudam e para se sentirem, de alguma maneira, mais próximos de casa. Ou então, crie um grupo de família numa aplicação de troca de mensagens instantâneas como o Whatsapp. Isto vai permitir o diálogo e partilha de fotografias e vídeos em tempo real e diminuir a sensação de distância. Outra ótima opção é regularmente colocar-lhes crédito no Skype para que consigam ligar-lhe sem grandes complicações.

Independentemente do meio de comunicação que escolha, ou da sua ausência, a experiência dos seus filhos no estrangeiro será, sem dúvida, um investimento inteligente que potenciará o seu futuro. Vai ver que, se deixar o seu filho estudar no estrangeiro, não se vai arrepender.

Cursos de línguas no estrangeiroSaiba mais
Recebe as últimas novidades em viagens, línguas e cultura na nossa newsletter GOQuero inscrever-me

Não se limite a aprender uma nova língua, viva-a!
11 línguas e
52 destinos

Sabe mais