As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

10 coisas que não sabias sobre a Nova Zelândia

10 coisas que não sabias sobre a Nova Zelândia

O maravilhoso mundo dos hobbits, o paraíso dos bungee jumpers e lar para a dança “haka” dançada pela equipa de rugby nacional. São estas as três coisas que a maior parte das pessoas sabe sobre o país que fica mesmo por baixo de nós, a Nova Zelândia. Mas há muito mais a destacar sobre este lugar que se situa no outro canto do globo. Sendo assim, aqui ficam 10 coisas que provavelmente não sabias sobre a Nova Zelândia.

1. É a “Terra da longa nuvem branca”

O nome Māori para a Nova Zelândia – Aoetaroa – significa ‘terra da longa nuvem branca’. Há várias explicações para este nome, a maior parte tendo origem em histórias tradicionais Maori, mas todas de algum modo ligadas à ideia de que o horizonte na Nova Zelândia é normalmente coberto por longas e brancas nuves, que têm a forma de uma comprida nuvem quando vistas do espaço (mas talvez isso seja apenas uma coincidência).

2. Há mais ovelhas do que pessoas

A Nova Zelândia é um país muito pouco populado. Geograficamente e quanto ao tamanho, é semelhante ao Reino Unido, mas a sua população é de apenas 4,47 milhões de habitantes (ao passo que no Reino Unido são 64 milhões). E o mais extraordinário é que as ovelhas ultrapassam o número de pessoas. Há em média 6 ovelhas por cada humano na Nova Zelândia; é um dos maiores índices do mundo.

3. As praias nunca estão muito longe

As praias na Nova Zelândia nunca estão a mais do que uma pequena viagem diária de distância – de facto, nenhum ponto no país está a mais de 128km do oceano. Por isso, podes facilmente esquiar e surfar tudo no mesmo dia.

4. Foi a última fronteira para os humanos

Os humanos – Homo sapiens, para ser mais exata – começaram em África, depois foram para a Europa e Ásia, Norte América, Austrália e finalmente a Nova Zelândia. Chegaram à Nova Zelândia por último, há 800 anos – dezenas de milhares anos mais tarde do que às outras regiões do mundo. Dá todo um novo significado a remoto, não dá?

5. Costumava ser o lar de um pássaro monstruosamente grande

Se gostas dos teus pássaros grandes, a Nova Zelândia é um petisco para ti. Apesar de extinto, a Moa gigante era nativa da Nova Zelândia – tinham 3,6 metros de altura e pesavam uns extraordinários 230kg.

6. Foram pioneiros nos direitos da mulher

O canto mais longínquo do mundo foi também o que fez mais progresso: a Nova Zelândia foi pioneira na implementação dos direitos das mulheres. Muito antes de países como os Estados Unidos e o Reino Unido, tornou-se o primeiro país do mundo a dar a todas as mulheres o direito de votar, em 1893.

7. É um refúgio para amantes da natureza

Se pensares na Nova Zelândia, provavelmente pensa em natureza. Não só este país está cheio de magníficas montanhas e lindíssimas praias, mas mais do que um terço do país está protegido por reservas naturais. Desta forma, é garantido que o país se mantém intacto para as décadas vindouras.

8. É a terra dos kiwis (pessoas, pássaros e fruta)

Porque é que as pessoas se lembram da palavra kiwi quando falam da Nova Zelândia? Bem, porque acontece que esse é o nome daquele fruto peludo que compras no supermercado, e há boas hipóteses de ter sido colhido na Nova Zelândia também! Mas é também o nome da ave nativa do país e de uma alcunha carinhosa para as pessoas do país. Kiwi foi inicialmente apenas o nome para uma ave que não voava, nativa do país e tornou-se nome de fruto como estratégia de marketing.

9. É onde o mundo diz “bom dia”

Uma pequena cidade chamada Gisborne é a primeira do mundo a ver o sol nascer no horizonte, no início do ano (depois disto, tilt do planeta move-se mais para Norte ). Isto porque está a apenas 496,3 km de distância da Linha de Data Internacional, a 178º de latitude.

10. É a outra “Hollywood”

Alguns dos mais recentes êxitos do cinema foram filmados na neste belo país: “Senhor dos Anéis” ao “Hobbit”; “King Kong”; “O Piano”; “O Último Samurai” e “Encantadora de Baleias”

Visita a Nova Zelândia com a EFSaiba mais

Compartilhe esse artigo

Últimos artigos de Viagem