As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

10 segredos escondidos em Vancouver

10

Toda a gente conhece as atividades mais famosas para fazer em Vancouver: caminhas, ski, vela e observação de orcas! Por isso, em vez de te juntares às multidões, aqui estão algumas das coisas que provavelmente são sabias que podias fazer em Vancouver, mas que deves definitivamente juntar à tua lista de coisas para fazer em Vancouver. Vê aqui os 10 segredos escondidos em Vancouver:

1. Climbing Tree

Sim, uma árvore para fazer escalada. Perto das ruas Cambie e King Edward, esta árvore incrível combina então o poder da mãe natureza com a criatividade dos seres humanos, com um tronco enorme e dúzias de outras árvores espaçadas. Aqui as pessoas personalizaram a árvore com camas de rede, baloiços de pneus e redes de escalada, para fazer deste árvore única uma lenda.

2. The Shameful Tiki Room

Um dos bares mais famosos de Vancouver, o Shameful Tiki Room é com certeza um dos “segredos escondidos’ – está intencionalmente escondido do mundo exterior para apenas os habitantes locais e turistas bem informados saberem a sua localização. Se conseguires encontrar o pequeno letreiro que marca a entrada do bar, vais poder desfrutar então de comida deliciosa, cocktails e até música ao vivo, com decoração tiki vintage à mistura.

3. VanDusen Botanical Garden Hedge Maze

Localizado no centro da agitada cidade de Vancouver, o VanDusen Botanical Garden é um oásis pacífico com espécimes botânicos espetaculares e diferentes espécies de plantas dos quatro cantos do mundo. É um ótimo lugar para quem quer escapar da vida da cidade e o labiritinto de cebes elisabetano, rodeado de árvores lenga, oferece uma paisagem divertida e um desafio único para enfrentares com amigos.

4. The Naam

Este restaurante vegano é um lugar popular entre os estudantes e jovens locais. Poucos turistas conhecem o Naam. Por isso ainda é possível arranjar uma mesa e experimentar os deliciosos pratos veganos e vegetarianos, sem multidões por perto. Este restaurante abrir há 50 anos e desde então que transforma ingredientes locais e produtos frescos – incluindo tofu, mirtilos orgânicos e ovos biológicos – em pratos de deixar água na boca para o pequeno-almoço, brunch e jantar.

5. Southlands

Para experienciares um lado diferente de Vancouver, segue então até ao bairro de Southlands. Este é o lugar onde o ambiente urbano e ‘trendy’ se mistura com o modo de vida rural do campo. Aqui os cavalos passeiam por entre casas incríveis e mansões merecedoras do Instagram, bem como árvores antigas que se enfileiram pelas ruas. A uma curta distância da cidade, a Quinta de Southlands parece estar bem distante, ao vender produtos locais frescos à semana, durante o verão.

6. Greenheart TreeWalk

Um dos destaques de qualquer viagem ao UBC Botanical Garden é passadiço de árvores suspensas. O Greenheart Tree Walk leva-te numa excursão das copas das árvores e oferece-te um caminho único até aos abetos Douglas, cedros e aos grandes abetos que são nativos das florestas temperadas da região. Para a melhor vista aérea da cidade, segue pelo passadiço suspenso até 20 metros acima do chão da floresta.

7. Fraser River Park

Quando se está em Vancouver, não se pode evitar a água – o truque é saber onde ir para desfrutar da parte da costa que não tem multidões. Vai até ao Fraser River Park para encontrares um parque calmo, perto da água. Este belo espaço verde corre ao longo do rio e oferece uma rota cénica com passadeiras de fácil acesso e não é tão popular como as áreas da Kitsilano Beach e English Bay, que ficam cheias de turistas.

8. Pink Alley

No centro da cidade de Vancouver, um beco foi reinventado e reimaginado, ganhando inclusive um prémio para espaços públicos excecionais. As paredes e chão do Pink Alley foram pintadas de vários tons de – sim, adivinhaste – cor de rosa. Como se de um pequeno refúgio escondido se tratasse, esta estrada secreta celebra o graffiti, a arte de rua e a narrativa visual.

9. The Rennie Museum

Este museu de arte privado e grátis fica na Chinatown e, apesar de ter aberto em 2009, já é um grande nome junto dos ‘abutres da cultura’ e dos aficionados da arte. O Rennie Museum trouxe para Vancouver uma impressionante coleção de arte contemporânea, com peças de pintura, fotografia e cinematografia de mais de 370 artistas. Além disso, é também a casa de um belo pátio no topo do edifico, um oásis escondido no meio da cidade.

10. Habitat Island

Não precisas de sair da cidade para desfrutares do ar livre autêntico canadiano. Ao atravessares as zonas rurais por percursos pedestres, irás chegar à Habitat Island, perto do Vancouver’s Hinge Park. Esta península selvagem é artificial e foi desenvolvida para trazer então a natureza para a paisagem urbana. Atravessa a pequena ponte para lá chegar e serás recompensado com pequenas praias, arbustos, uma floresta e um pequeno espaço onde a natureza – incluindo pássaros – são encorajados a prosperar.

Após esta lista dos segredos escondidos em Vancouver, ficaste a querer saber mais sobre a cidade? Vê então mais aqui.

Vêm conhecer Vancouver com a EF!Descobre mais aqui!

Não se limite a aprender uma nova língua, viva-a!
11 línguas e
52 destinos

Sabe mais