As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

Como fazer uma relação à distância funcionar

Como

Apaixonarem-se (neste caso por uma pessoa, não por um sítio) pode ser um dos muitos efeitos colaterais de viajar ou estudar no estrangeiro. No entanto, depois de voltarem, não deixar que a distância física passe a emocional pode ser desafiante. Claro que não têm de depilar as pernas todos os dias ou estar sempre a limpar o apartamento. No entanto, vão precisar de determinação, otimismo e esforço para tornar a longa distância temporária numa história de amor de longo prazo permanente, para fazerem a vossa relação à distância funcionar.

Não te preocupes, nada é impossível e estas 11 dicas vão ajudar o vosso romance a florescer. Assim, vão fazer a vossa relação funcionar, não importando quantos quilómetros vos separam (aceitem isto como um pro da longa distância – um pouco de esforço pode até unir-vos ainda mais).

1. Encontrem a melhor altura para comunicarem (regularmente)

Apesar da troca de mensagens e emails funcionar a toda a hora, às vezes só precisam de falar e de ter um feedback imediato. Dependendo da distância, podem demorar algum tempo a descobrir a melhor hora para falarem, mas com a prática fazem voice-mails perfeitos e divertidos que compensam as chamadas perdidas e o mau timing. E não, não importa se só conseguem ligar aos domingos de manhã – terem esse tempo um para o outro é o ponto chave.

2. Encontrem os melhores canais para se manterem em contacto

Quando já tiverem percebido qual é a melhor altura para falarem, também é importante encontrar os canais perfeitos para esse efeito. Felizmente, nunca foi mais fácil e barato estar em contacto com o mundo: uma ligação Wi-Fi é normalmente tudo o que precisas para o Skype, para falar ou mandar mensagens. Certifiquem-se de que a vossa principal ferramenta de comunicação é facilmente acessível para os dois. Além disso, não se esqueçam que uma mistura de vários canais diferentes torna a comunicação muito mais interessante.

3. Sejam criativos

Gravem uma mensagem áudio durante a noite, escrevam uma carta, enviem um postal ou preparem um care package. Usem a imaginação e encontrem novas e surpreendentes maneiras de mostrar à outra pessoa que estão a pensar nela. Isto não significa que tenham que levar a conta bancária a zeros: em vez de contratarem um avião para escrever poemas no céu, porque não esconder post-its com mensagens bonitas durante a próxima visita?

4. Não evitem discussões

Se só se vêem passadas umas semanas ou uns meses e talvez até falem uma língua diferente, é fácil ignorar problemas ou preocupações. Ninguém quer passar tempo a discutir quando só têm 48 horas juntos, mas evitar lutas e discussões pode ser prejudicial no longo prazo. Quanto mais falarem das coisas que vos incomodam antes de se tornarem grandes obstáculos na vossa relação. Por isso, não discutam por mensagens ou emails (demasiada leitura nas entrelinhas). Tentem discutir isso pessoalmente ou ao telemóvel mal as coisas acontecem. Dito isto…

5. Conversem honesta e abertamente

Tentem sempre ser honestos e falar abertamente sobre os vossos sentimentos. Não saber onde a outra pessoa está ou com quem é que está a passar a tarde de sábado pode levar a pensamentos exagerados e pânico desnecessário. O facto das redes sociais tornarem fácil ver (ou imaginar) quanta diversão é que alguém teve, não torna nada mais fácil. É importante confiarem um no outro suficientemente para partilharem os vossos pensamentos e sentimentos. Além disso, é preciso encontrar maneiras de lidar com os ciúmes, a ansiedade, ou dúvidas juntos. Isto para fazer a vossa relação à distância funcionar.

6. Vejam o copo meio cheio

O facto de basicamente viverem a vossa vida diária enquanto estão numa relação à distância pode ser uma bênção ou uma maldição. Podem sentir que estão a “perder”, porque é mais difícil fazer coisas normais de casal, como irem buscar o outro ao trabalho ou terem um almoço juntos. No entanto, também pode ser uma grande vantagem no sentido em que estás mais disponível para fazeres as tuas coisas: se estás a estudar ou a trabalhar até tarde, não vais ter que desapontar o/a teu/tua companheiro(a) e cancelar planos de jantar ou noites de cinema, por exemplo.

7. Façam coisas aborrecidas juntos

Quando só se vêem algumas vezes por ano, tudo parece férias. E provavelmente até é porque vais ter que tirar férias do trabalho ou dos estudos. Não há nada errado em irem com calma e ficarem na cama até tarde, tomarem um brunch e fazerem uma viagem turística, mas também é importante participarem em algumas atividades mais aborrecidas – vocês sabem, coisas do dia a dia como dobrar a roupa, fazer recados, ou cortar a relva. Tentarem fazer destas atividades mais chatas, atividades divertidas e emocionantes juntos é um verdadeiro teste a qualquer relação, não é?

8. Saibam quando se vão ver novamente

Dependendo de quanto tempo e dinheiro é preciso para se verem outra vez, isto pode ser uma operação complicada. Não saber quando é que isto acontece outra vez só mexe com os vossos sentimentos e com o vosso plano geral de vida. Por isso, é melhor quando tentam marcar uma nova data o mais cedo possível após o regresso a casa. Assim, podem ambos planear o futuro e tirar vantagem de bilhetes de avião mais baratos e promoções especiais. Além de que têm alguma coisa para a qual estarem ansiosos(visitas surpresa também são fantásticas, claro, por isso acrescentem essas à mistura se puderem), o que ajuda a vossa relação à distância funcionar!

9. Façam coisas juntos

Tempos desesperantes pedem formas criativas para passarem o tempo juntos. Mesmo que não estejam no mesmo sítio ao mesmo tempo, podem fazer coisas juntos: “obrigado, video-chamadas!”. Nos dias de hoje, não têm nenhuma desculpa para não partilharem tempo de ecrã. Podem cozinhar, comer, fazer compras, ou dar passeios juntos via chamada de vídeo. Não se esqueçam que também podem ver o mesmo filme enquanto falam ou mandam mensagens um ao outro.

10. Tenham uma lembrança

Às vezes, nenhuma chamada ou mensagem vai compensar o facto da outra pessoa não estar lá. O que pode ajudar é vestir a camisola favorita ou beber da caneca favorita do teu companheiro ou companheira. Lembranças podem ser lamechas, mas podem sem dúvida fazer a diferença. Uma amostra do perfume favorito ou detergente da roupa pode fazer a distância desaparecer por um momento. Por isso, não tenham vergonha de irem por este caminho se estão a desesperar por um pouco mais de proximidade da vossa cara metade.

11. Conheçam as pessoas e visitem os locais

Quanto mais falarem e se conhecerem, mais irão mencionar sítios e pessoas que a outra pessoa pode não conhecer. Sempre que houver uma oportunidade, apresentem um ao outro – quer seja com uma foto ou pessoalmente – os sítios que mais frequentam e as pessoas com que estão mais ou mencionam mais regularmente. Dessa forma, conversas do dia a dia ganham muito mais significado e vão sentir que fazem parte da vida um do outro, apesar da distância.

relação à distância funcionar

Estuda no estrangeiro com a EF e apaixona-teSaiba mais