As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

6 Dicas para fazeres amigos no estrangeiro

6 Dicas para fazeres amigos no estrangeiro

Depois do entusiasmo de escolher uma cidade, organizar vistos e voos, verificar os pontos da lista de coisas a pôr na mala e despedires-te da família, finalmente cais em ti: vais para outro país e precisas de saber como fazer amigos no estrangeiro.

Vamos concordar:

Está tudo prestes a mudar. Incluindo os teus amigos.

Sim, é isso – o teu círculo de amigos está prestes a crescer e a tornar-se muito mais internacional. Até poderás encontrar novos amigos no teu novo quarto!

Tal como na escola e no liceu, estudar fora é um período feito para conhecer pessoas – por isso aproveita ao máximo e segue estas dicas.

1. Apresenta-te

Primeiro o mais importante: para conheceres pessoas, tens de dizer “olá!”.

Um sorriso aberto – daqueles que vês tanto na boca como nos olhos da pessoa – é uma forma fácil de gerar confiança quando conheces alguém. Pensa bem: quando é que respondeste negativamente a um sorriso genuíno?

Então vai em frente, faz aquele teu sorriso brilhante e diz “Olá, eu sou a/o______, tudo bem?” (ou algo deste género – vais aprender rapidamente como fazer isso na língua que estiveres a estudar). Especialmente, se estás dentro de um taxi. Ser amigo do taxista é sempre uma ótima dica.

Claro, dependendo de onde estás, podem-se usar gestos ou outras expressões para fazer apresentações.

Vais perceber isso em breve, quer seja só um beijo na cara (na América Latina), dois beijos (como aqueles que vais receber em Espanha, França e Itália), um aceno ou um pequeno abraço (como na maioria dos países onde se fala inglês), ou uma ligeira inclinação (como no Japão).

2. Increve-te em clubes e atividades

Tens uma extensa lista de atividades que sempre quiseste fazer mas nunca tiveste tempo?

Boas notícias: chegou a altura! Deita fora ideias preconcebidas daquilo que gostas e não gostas e aprende a dizer “sim” às oportunidades que vêm ao teu encontro.

Cursos de fotografia, equitação, salsa, trilhos pedestres, aulas de barman/barmaid ou cozinha – tudo isso e muito mais são formas fantásticas de conhecer outros estudantes com interesses parecidos com os teus. (Mais, vais comer tudo o que fizeres – yum!)

3. Experimenta desportos novos

Os desportos de equipa são conhecidos por construir amizades.

O sentimento de pertencer a um clube e saber que os teus colegas de equipa dependem de ti para praticar e competir é motivador e a experiência de trabalhar em conjunto para um objetivo comum cria ligações rápidas e fortes.

Os desportos populares vão variar consoante os locais onde estás a estudar. Tenta rugby e críquete na Austrália, Nova Zelândia e Reino Unido; futebol na Europa e futebol americano, basebol e basquetebol nos Estados Unidos.

(Dica extra: se experimentares um desporto e não gostares, então escolhe uma equipa e torce por ela com os outros estudantes).

4. Experimenta passatempos novos

Os passatempos não são apenas uma ótima forma de conhecer pessoas novas, são também uma ótima forma de relaxar a tua mente quando o semestre se complica.

Passa o teu tempo a fazer ioga, surfe, codificação, pão, escalada, jardinagem, caligrafia, ténis, fotografia, taekwondo ou outra coisa qualquer que possas imaginar. Dá uma vista de olhos nas atividades que a tua escola oferece ou pergunta aos outros estudantes o que costumam fazer depois das aulas.

Os passatempos são também uma maneira de mitigares um pouco as saudades de casa.

5. Vive com outros estudantes

Partilhar uma casa ou apartamento com alguns estudantes é uma das melhores formas de conhecer pessoas.

Vocês podem tornar-se amigos instantâneos e além disso ainda vais conhecer os outros amigos deles. Tudo isso dá-te desculpas infinitas para visitar as casas uns dos outros e aumentar ainda mais o teu círculo de amigos.

Pensa em festas de mudança de casa, aniversários, feriados, competições de jantares para provar quem é o melhor, sessões de estudo e encontros para descontrair nos cafés mais fixes do teu bairro.

6. Lembra-te de manter o contacto

Estudar fora é um período intenso de crescimento e mudança que te apresenta a pessoas que permanecerão na tua vida até ao fim dos teus dias. Por isso não te esqueças de cultivar essas amizades depois de voltar para casa.

Nunca foi tão fácil fazer isso. Não há mais semanas ou meses à espera de cartas – agora há o email, skype, grupos de WhatsApp e uma dúzia de outras plataformas que podes usar para manter o contacto com os teus novos amigos. Acredita, 10, 15, até mesmo 20 anos depois, vais ficar feliz por tê-lo feito.

 

Estuda no estrangeiro com a EFAqui!

Compartilhe esse artigo

Últimos artigos de Vida de estudante