As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

Como melhorar o teu perfil de LinkedIn: 11 Dicas

Como melhorar o teu perfil de LinkedIn: 11 Dicas

Estás pronto para levar a tua carreira até ao próximo nível – e o LinkedIn é uma das melhores ferramentas que existe para fazer isso acontecer. Mas com mais de 400 milhões de utilizadores, tens que ir mais além para te destacares.

Agora, antes de te dizermos como é que te vais tornar numa estrela do LinkedIn, é melhor começares por alterar as definições para ocultar as notificações de actividade: Dependendo no que e com que frequência mudas o teu perfil , a tua network – e o teu empregador – não precisa de ter uma notificação cada vez que mudas alguma coisa no teu perfil, pões gostos ou partilhas. (Se tiveres uma grande actualização que queres que o mundo veja, podes sempre mudar outra vez as definições para esse evento em particular.)

1. Mantém-te actualizado

Mantém o teu perfil actualizado constantemente e não apenas quando estás à procura de um novo emprego. Nunca sabes quando alguém terá a oportunidade dos teus sonhos e está à procura de perfis como o teu.

2. Diz BA-NA-NA

O teu perfil é sete vezes mais provável de ter vizualizações se tiveres uma fotografia de perfil. Mostra um pouco de personalidade, mas tenta manter-te profissional – estás a tentar impressionar, ao final das contas. Pede a um amigo com uma boa câmera para tirar a fotografia – não te fies nas fotos do iPhone, a não ser que tenha mesmo muito boa qualidade. Certifica-te que actualizas a foto de vez em quando para que esteja actualizada e que os recrutadores te vão reconhecer.

3. Sê sincero

No teu espaço de descrição, tens 120 caractéres para descreveres quem és. Este é um bom espaço para seres criativo: partilha que és um viajante do mundo ou leitor ávido e usa palavras-chave da indústria se possível. Se não editares a tua headline, vai por defeito pôr o teu último trabalho, o que pode não te dar um alcance tão grande. E, assegura-te que o mudas quando tiveres um novo trabalho, porque pode voltar a mudar.

4. Faz com que seja fácil contactar-te

Se queres encorajar as pessoas (que não estão conectadas contigo) a entrar em contacto – acrescenta o teu email, website ou número de telefone na caixa sumário.

5. Mostra o que fizeste

As tuas realizações devem sobressair ao longo do teu perfil. Explica o teu papel na liderança de projectos, a gerir pessoas e a atingir objectivos – reforça isso com números sempre que possas. Sê claro, focado e não vagueis: Precisas de ser capaz de sumarizar as tuas realizações e experiências em poucas palavras.

6. Mostra as tuas skills em inglês

Mostra o quão internacional podes ser, provando que tens capacidades linguisticas certificadas. Podes, por exemplo, fazer o simples e grátis teste online da EF e tens o teu score certificado directamente no teu perfil do LinkedIn.

7. Têm e dá recomendações

As recomendações são como referências e são fáceis de ter no LinkedIn: Aborda os teus colegas, antigos líderes, ou correntes e pede-lhes para partilhar as opiniões deles sobre o teu trabalho e quais as tuas melhores características – e não te esqueças de devolver o favor.

8. Junta-te a grupos e segue pessoas

Não te conectes apenas com pessoas que já conheces – junta-te a grupos e segue influencers para aprenderes com outros fora da tua network. Podes-te juntar a quantos grupos quiseres , mas menos talvez seja mais – desta forma, podes entrar em contacto e interagir com os membros e fazer novas conexões. Se queres levar o teu LinkedIn ainda a outro nível, porque não começares o teu próprio grupo e mostrares ao mundo que és um expert numa área específica?

9. Personaliza o teu URL

Por agora, o teu URL do LinkedIn talvez se pareça com qualquer coisa como linkedin.com/in/firstname-lastname-a821191a. Ninguém se lembra disso, certo? Felizmente, o LinkedIn permite-te personalizares o teu URL, por isso podes livrar-te dos números e adicionar o teu nome, profissão, marca, ou que traduza a tua personalidade profissional. (Não te esqueças de actualizar o teu novo URL nos teus websites, cartões de visita e outras redes sociais.)

10. Personaliza a tua imagem de capa

Customiza a tua imagem de cada para dar alguma personalidade ao teu perfil. Existem algumas imagens já pré-definidas, mas se puderes, cria a tua própria imagem (JPG, GIF ou PNG, não maior do que 4MB e entre 1000×425 e 4000×4000 pixels). Podes ver os perfis de outras pessoas para te inspirares, mas qualquer coisa que esteja de acordo com a tua marca, empresa ou personalidade funciona. Ah e assegura-te que é algo profissional que queres que o teu futuro empregador veja.

11. Faz limpezas de primavera

Provavelmente já fizeste o teu perfil há alguns anos e continuaste a adicionar skills, experiências, grupos, conexões e recomendações. Se sim, se calhar é tempo para uma mudança. Assegura-te que o teu perfil é claro, focado e conciso. Lista apenas as skills que são relevantes para os teus objectivos de carreira: saber Microsoft Word ou saber mexer no Internet Explorer não te vão fazer sobressair e é visto como adquirido para a maioria dos trabalhos. Da mesma forma, os trabalhos de verão que tiveste há 10 anos atrás podem já não ser relevantes. Sai de alguns grupos e remove conexões que já não adequadas ou relevantes. O mesmo para as recomendações: houve uma altura em que toda a gente era recomendado por qualquer coisa. Ninguém é perfeito em tudo, por isso assegura-te que tens as recomendações certas para te ajudarem a progredir.

Melhora as tuas capacidades linguísticas com a EFSaiba mais

Compartilhe esse artigo

Últimos artigos de Carreira