GO Blog | EF Blog Portugal
As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
MenuRevistas Grátis

Viver em Sydney – como ser parte da cidade mais rapidamente

Viver em Sydney – como ser parte da cidade mais rapidamente

Localizada mesmo à beira-mar, Sydney combina comida, natureza e viagens de fim-de-semana divertidas e uma intensa imersão em inglês num pacote incrivelmente atrativo. Viver e estudar em Sydney é uma experiência como nenhuma outra. Queres viver em Sydney como os locais? Aqui tens as nossas principais dicas para teres um estilo de vida como o deles.

1. Escolhe a tua praia preferida

A primeira regra de vida de praia em Sydney é : Não se limitar a Bondi Beach. Em Sydney, vais ter muito por onde escolher no que toca a sol, areia e surf. A parte divertida é tentar algumas opções antes de encontrares aquela que se adequa ao teu estilo de praia.

As nossas escolhas preferidas? Apanha o barco em Circular Quay e atravessa o porto para a linda praia de 2 quilómetros de Manly Beach – ótima para nadadores e surfistas. De lá, podes dar um curto passeio até Shelly Beach, outra favorita de Sydney, onde se encontra quem gosta de fazer snorkeling. Para uma prática de natação familiar mais calma, uma piscina natural rodeada por rochas e grelhadores em que se põe uma moeda (sim, eles realmente existem!) vai até Bronte Beach. Nielsen Park é outra opção relaxante para nadadores que não querem grandes ondas boas para surfar. Os trilhos pedestres do parque, construções históricas e sítios para piqueniques à sombra fazem dele um local atrativo para passar um dia.

2. Explora New South Wales

Não te esqueças de conhecer o resto do estado! Perto de Sydney, as Blue Mountains chamam para atividades ao ar livre. Famosas pela formação de rochas Three Sisters, as Blue Mountains estão cheias de aventuras como rappel, escalada, BTT e trilhos pedestres.

Gostas de vinho? O teu fim-de-semana ideal fora é em Hunter Valley, onde vinhas, colinas verdes, comida incrível e tudo o que é coisa artesanal, estão à tua espera. New South Wales também tem opções para viajantes que querem explorar o interior (Broken Hill, Lightning Ridge, Mildura) e brincar na neve (Jindabyne, Thredbo, Perisher Valley).

3. Domina a gíria local

Os australianos adoram abreviar as suas palavras sempre que possível. Embora seja divertido, pode demorar um pouco para nos acostumarmos. Alguns termos que vais ouvir de certeza são:

  • muso (musician – músico);

  • garbo (garbage collector – varredor de rua);

  • postie (postman/woman – carteiro/carteira);

  • journo (journalist – jornalista);

  • pollie (politician – político);

  • coldie (cold beer – cerveja fresca);

  • bikkie (biscuit/cookie – biscoito/bolacha);

  • brekkie (breakfast – pequeno-almoço);

  • veggo (vegetarian – vegetariano);

  • cuppa (cup of tea – chávena de chá);

  • avo (avocado – abacate);

  • chook (chicken – galinha);

  • snag (sausage – salsicha);

  • cab sav (cabernet sauvignon);

  • arvo (afternoon – tarde);

  • trackies (tracksuit pants – calças de fato);

  • uey (U-turn – inversão de marcha)

entre muitos outros. Quem sabe se até mesmo o teu nome não pode ser abreviado. Por isso, habitua-te e dá uma oportunidade à gíria australiana.

4. Vive uma vida com muito café

Não é segredo para ninguém que os australianos gostam do seu café. Os cafés de estilo australiano estão a surgir no mundo inteiro. Mas, na Austrália, um simples “eu queria um café” não te vai levar muito longe. Se adoras café, leva a tua pesquisa a sério e faz um teste de sabor ao menu antes de escolheres o teu preferido. O latte é o estilo de café que caracteriza a Austrália, no entanto não deixes de provar um long black, short black, long mac ou short mac. Confuso? Não te preocupes, os empregados de balcão australianos conhecem isso e ficarão felizes de te ajudar a encontrar a bebida certa para ti.

5. Come, come, come!

A Austrália é o único país que come os seus dois animais nacionais – o canguru e o emu – por isso os carnívoros podem tentar comê-los. Além de comidas tradicionais indígenas, Sydney é uma colmeia em atividade no que toca à frente gastronómica. Para comida espanhola e latino-americana, dirige-te a Liverpool Street; para italiana faz um atalho para Leichhardt; para vietnamita, as tuas escolhas devem ser Marrickville ou John Street em Cabramatta; e finalmente, para coreano, japonês e mongol deves ir à Chinatown.

Brunch de fim-de-semana é quase um desporto nacional na Austrália. Com encontros de amigos para banquetes em cafés ao fim da manhã ou início da tarde, esta atividade é um must do. Cheio de pão, abacate, ovos, panquecas, bacon, bolos, fruta (e é claro, café!) um brunch em Sydney vai fazer os teus motores funcionarem todo o dia.

6. Torce pelos Blues

Outro desporto popular- a seguir ao brunch é claro – é a Liga de Rugby. O campeonato anual State of Origin coloca frente a frente os New South Wales (também conhecidos por “Cockroaches” – baratas) e os Queensland Marrons ( também conhecidos por “Cane Toads” – sapos de cana) no melhor de um série de três jogos. Estás a viver em Sydney? Parabéns: és automaticamente um fã dos The Blues! Celebra a tua nova comunidade ao ver um jogo num bar ou a fazer um churrasco – vestido de azul, é claro!

Praias, brunches e os The Blues – a vida em Sydney parece bastante boa, certo? Não vamos mentir, a vida em Sydney é mesmo bastante boa.

Sydney deixa-te com a pulga atrás da orelha?Marca já a tua viagem aqui :)
Recebe as últimas novidades em viagens, línguas e cultura na nossa newsletter GOQuero inscrever-me

Não se limite a aprender uma nova língua, viva-a!
11 línguas e
52 destinos

Sabe mais