As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

12 Canções de Natal de todo o mundo

12 Canções de Natal de todo o mundo

Tudo o que eu quero para o Natal são… canções de Natal! As férias não são apenas a ocasião perfeita para passares tempo com aqueles de que mais gostas enquanto comes o teu peso em bolachas, mas também a oportunidade ideal para cantares à grande. Porque não tornares este ano esta época festiva um pouco mais especial e entrares no espírito com as canções de Natal que existem por todo o mundo?

1. França: PETIT PAPA NOËL

Quando uma música já foi cantada pelos Smurfs e pela Celine Dion & The Chipmunks, sabes que estás a lidar com um clássico. Toda a gente em França consegue cantar Petit Papa Noël, a música sobre a chegada do Pai Natal cantada da perspetiva de uma criança que espera que o Pai Natal não se esqueça dos seus brinquedos (é um sentimento que todos nós percebemos, de certeza.)

2. Reino Unido: DECK THE HALLS

Algumas características de uma boa canção são uma melodia que fica no ouvido e um refrão fácil de acompanhar. Deck the Halls tem ambas, incluindo 50% dos versos que são simplesmente Fa la la la la la la la la. A melodia é de uma música de ano novo galesa do século XVI e a letra foi escrita no século XIX. A sua idade só demonstra o clássico que é: até aos dias de hoje é uma das canções de Natal mais populares nos países de língua inglesa.

3. Itália: TU SCENDI DALLA STELLE

Esta é provavelmente a música mais antiga na nossa coleção: Tu stendi dalla stelle (Tu desces das estrelas) foi escrita no início do século XVIII e descreve a chegada de Jesus – do céu estrelado para a Terra fria, em tempo de Inverno. Não há como fugir a esta música na altura do Natal em Itália. E é frequentemente cantada por um coro de crianças o que, como todos sabemos, torna tudo muito mais festivo.

4. Alemanha: O DU FRÖHLICHE

O Du Fröhliche traduz-se para O, Tu Feliz e é sobre a altura do Natal e o nascimento de Jesus. Esta música tradicional de Natal alemã foi escrita no início do século XIX e tem uma história interessante por trás: depois do autor da letra, Johann Daniel Falk, ter perdido 4 dos 7 filhos para a febre tifóide, fundou um orfanato para crianças abandonadas e dedicou O Du Fröhliche aos órfãos do seu orfanato.

5. NOVA ZELÂNDIA: A PUKEKO IN A PONGA TREE

A Pukeko in a Ponga Tree é a versão Maori de The Twelve Days of Christmas (Os 12 dias de Natal), também conhecida por ser a forma mais festiva de exercitar o cérebro memorizando 12 versos, cada um construído sobre o anterior. Um pukeko é um pássaro que costuma estar nas árvores ponga – fetos nativos da Nova Zelândia. Outros presentes dados durante os doze dias de Natal da Nova Zelândia são batatas doces e piupius (uma saia Maori tradicional).

6. AUSTRÁLIA: JINGLE BELLS

Tal como a Nova Zelândia adaptou um clássico à sua cultura, o mesmo fez a vizinha Austrália com uma versão de Jingle Bells: sendo que na Austrália o Natal decorre durante o Verão, o Pai Natal não anda pela neve com um trenó puxado por um cavalo – em vez disso, anda pelo mato numa Holden ute enferrujada. (Holden é uma marca de carros, ute é abreviatura de utilidade. Por isso, basicamente, o Pai Natal anda numa carrinha pickup). Não queremos dizer tudo, mas chinelos, frigoríficos e churrascos também fazem parte deste Natal estilo Aussie.

7. EUA: WHITE CHRISTMAS

White Christmas, cantada por Bing Crosby, é o single mais vendido em todo o mundo, por isso não há maneira de fugir – tinha de estar na nossa lista. É uma das músicas mais recentes nesta lista, escrita em 1942 por Irving Berlin, mas têm sido feitas várias versões por diversas estrelas da música, desde Elvis a Iggy Pop e Lady Gaga e tem traduções em inúmeras línguas.

8. AMÉRICA LATINA: EL BURRITO DE BELÉN (EL BURRITO SABANERO)

Se crescesses num país de língua espanhola, é quase certo que conhecerias esta incontornável música de Natal da América Latina sobre uma viagem até Belém, feita num pequeno burro, para ver Jesus. El Burrito de Belén foi originalmente gravada por um coro de crianças venezuelano e é fácil de acompanhar. E dançar também. E quase impossível de sair da tua cabeça depois da época de Natal.

9. NIGÉRIA: BETELEHEMU

Esta canção nigeriana de Natal é sobre a cidade natal de Jesus e é cantada em Yoruba, um dos dialetos locais do Oeste Africano. As origens da canção não são muito claras, mas podemos agradecer ao clube Glee da faculdade Morehouse em Atlanta, na Geórgia, por terem cantado Betelehemu pela primeira vez na década de 60, que assim se tornou uma canção incontornável para coros de todo o mundo.

10. AS AMÉRICAS: FELIZ NAVIDAD

Uma canção de Natal com 20 palavras em 2 línguas diferentes parece um jackpot para os alunos de línguas: se estás a aprender espanhol e inglês, esta canção é a combinação perfeita para começar. Feliz Navidad foi escrita por José Feliciano, um cantor e compositor porto riquenho. É um clássico na América do Norte e em muitos países de língua espanhola.

11. Suécia: RÄVEN RASKAR ÖVER ISEN

Räven raskar över isen, é uma canção folk sueca antiga que pode ser traduzida como A Raposa que Corre pelo Gelo, é aparentemente a canção para dançar perfeita para as férias, e os suecos cantam-na enquanto dançam à volta da árvore de Natal. Há várias versões modernas deste clássico: Uma delas, escrita pela Agência Sueca de Proteção Ambiental, que teve em conta as mudanças climáticas, mudaram a letra para que a raposa nadasse – devido à falta de gelo – no lago.

12. Quase todas as línguas: SILENT NIGHT

Silent Night é basicamente o Parabéns a Você das canções de Natal: é a canção mais popular do mundo e foi traduzida em mais de 100 línguas. Franz Xaver Gruber compôs Stolle Nacht em 1818 na Áustria; 2 anos depois, a letra foi adicionada e a música tem vindo a “viajar” pelo mundo desde então. Silent Night foi até declarado património cultural imaterial da Humanidade pela Unesco em 2011.

Queres passar o Natal na Praia?Saiba mais

Compartilhe esse artigo

Últimos artigos de Línguas