As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

Sushi Para Iniciantes (E Alguns Factos Para Pros)

Sushi Para Iniciantes (E Alguns Factos Para Pros)

A maior contribuição do Japão para a cozinha mundial – sushi – é preparado com um pequeno conjunto de ingredientes, mas a combinação de sabores, texturas e sabores são infinitos. Há um tipo de sushi para todos e, com o nosso guia “sushi para iniciantes” (com alguns factos engraçados para os pros), toda a gente pode dominar a arte de comer sushi rapidamente.

(Depois de ler o nosso guia e testar as nossas dicas no seu restaurante favorito de sushi, nós recomendamos que viaje para Tóquio onde as novas skills podem ser postas em bom uso todos os dias)

ARROZ ARROZ

O truque está no arroz: o sushi não quer dizer “peixe cru (arranjado de forma bonita com arroz)”: Sushi refere-se a um arroz envinagrado usado para fazer aqueles pequenos e adoráveis rolos.

EXPRESSÕES DE SUSHI

Nori é a alga que se envolve o Maki sushi (rolos). Uramaki são rolos com a parte de dentro para fora, Temaki são os que parecem cones de gelado. Nigiri é o sushi com fatias de peixe no topo e Sashimi são as fatias de peixe cru – com o arroz servio à parte.

COMER COM AS MÃOS

O sushi é suposto ser comido com as mãos. Esteja à vontade de usar os pauzinhos, mas se for a um restaurante com toalhas especiais para as mãos, é esperado que coma com as mãos.

UMA (GRANDE) DENTADA DE CADA VEZ

Nunca corte um bocado de sushi ao meio. Come sempre tudo numa só dentada (saberá melhor dessa forma!).

A VERDADE SOBRE O WASABI

A planta do wasabi – de origem japonesa – é difícil de cultivar e daí ser muito cara. De modo a conseguir responder à procura mundial, o wasabi que normalmente comemos não o verdadeiro: é feito de raízes, mustarda e coloração verde.

NÃO FAZER COM O WASABI

Não ponha wasabi no molho de soja. Invés, ponha pequenos pedaços no sushi mesmo antes de comer. Se for muito forte para si, respire pelo nariz.

O QUE FAZER COM O MOLHO DE SOJA?

É má educação deixar molho de soja no prato, portanto, comece com um pouco e depois volte a encher se necessário. Não mergulhe o sushi, molhe e retire rapidamente. Quando está a comer Nigiri, molhe o peixe primeiro – para que o peixe ganhe mais sabor e para que não faça uma sujeira.

A ORDEM DO PEIXE

Para maximizar a sua experiência de sushi, coma o peixe numa ordem específica: comece com os peixes de carne branca, depois os de carne vermelha e vá dos mais leves para os mais gordos. Guarde os que têm os saberes mais fortes para o fim e acabe com um sushi de doce de ovos.

O PEIXE QUE NÃO ESTÁ FRESCO

Se tem medo de comer sushi porque o peixe não é fresco, há boas notícias: Na Europa e nos EUA não é permitido servir peixe que saia directamente do oceano para o arroz, portanto, mesmo o mais fresco dos peixes já foi congelado por algum tempo para matar qualquer parasita. No Japão, os chefs são treinados a ver se há algo de errado com o peixe.

LIMPA PALATOS

Esse bocado de gengibre no seu prato, sabe para que serve? Não está lá só para decorar, o gengibre ajuda a refrescar o seu palato e ajuda na digestão, o que (elegantemente) nos leva ao próximo ponto.

O MITO DE MISO

Mesmo que a sopa de Miso é geralmente considerada uma entrada, na realidade ajuda a digerir e deve ser pedida e comida depois do prato principal.

Imagem de Rita.Yang, Flickr / Creative Commons

TÓQUIO: APLIQUE O QUE APRENDEUSaiba mais

Compartilhe esse artigo

Últimos artigos de Viagem