As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

Porquê aprender Chinês?

Porquê aprender Chinês?

Quando eu penso em chinês, pelo menos pessoalmente, eu começo a sentir-me oprimido. Não consigo dizer os sons “mã e má” e há uma série de caracteres para memorizar. Mas e se eu te disesse que o chinês é na verdade muito mais simples do que eu e muitas outras pessoas pensam? E que esta língua é tão falada e se tem espalhado tão rapidamente que pode abrir várias portas a novas possibilidades, carreiras e, sobretudo, a um futuro brilhante para ti? Parece excitante, certo? Aqui tens as cinco razões principais por que devias aprender chinês.

1. 1.2 mil milhões de falantes nativos

De acordo com o World o’ Meters, enquanto estou a escrever isto, há mais de 7.6 mil milhões de pessoas no mundo. Destes, 1.2 mil milhões falam chinês como língua materna. É basicamente uma em cada seis pessoas no mundo que fala chinês. E vamos lá ser realistas, ser capaz de comunicar com os outros na sua língua nativa pode ajudar-te pessoal e profissionalmente assim como pode abrir um mundo novo de novas perspetivas e ideias para ti.

2. Não é assim tão difícil como pensas

Apesar de “dominar” o chinês poder demorar um pouco, conseguir um nível intermédio em que se consigas manter uma conversa não é assim tão difícil como pensas. Tal como eu disse antes, o chinês é uma língua muito “tonal” mas também é contextual. Se não conseguires o tom correto de algumas palavras, isso não importa muito desde que o contexto da frase permita perceber o que queres dizer. Tu também não precisas de saber como escrever os caracteres desde que, graças à tecnologia, podes falar chinês através do e-mail e mensagens de texto usando o Pinying – um sistema padrão de ortografia românica para traduzir chinês. Isto está a tornar-se cada vez mais relevante porque escrever caracteres chineses demora muito e muitos nativos estão atualmente a optar pela escrita Pinying.

A memorização de todos os caracteres pode ser traiçoeira, mas apenas precisas de saber 2-3,000 caracteres para ler um jornal…2-3,000? Agora, eu sei o que estás a pensar: memorizar milhares de caracteres pode parecer assustador, mas é o mesmo que memorizar qualquer outra língua e se começares com 10 caracteres por dia, vais consegui-lo rapidamente.

3. Pode dar um impulso à tua carreira nos negócios ou turismo

O turismo chinês é ENORME e está a ficar cada vez maior. Desde Vancouver até ao Egito, os operadores turísticos estão a contratar e treinar pessoas para atenderem o crescente número de turistas chineses.

Na área dos negócios, a classe média crescente da China está a criar uma onda de novos consumidores e um mercado a retalho que está pronto para a expansão. Vais ter as tuas competências linguísticas preparadas para o desafio?

4. Experiencia a cultura

A cultura antiga chinesa tem mais de 5 000 anos e o chinês é uma das línguas mais antigas ainda em uso. Dito isto, esta civilização teve uma das maiores influências nas artes e nas ciências e até as tradições da arquitetura chinesa foram respeitadas em todo o mundo. Ainda hoje, a língua, a literatura, a filosofia e política chinesa têm um papel importante no lançamento das tendências globais.

5. Abre o teu futuro

Tudo isso leva ao meu último ponto – atualmente, a China é o ator mais poderoso na economia global. Apesar de muitos céticos acreditarem que o modelo capitalista-autroritário chinês não seria bem sucedido, já se provou que estavam todos errados. De acordo com o Center for Economics and Business Research, a China está pronta para ultrapassar os Estados Unidos em PIB em 2029 – não muito longe de agora. Os jovens chineses, tal como os indianos, sentem-se bastante confiantes de que o mundo se está a tornar um lugar melhor para eles. Uma das razões é que as economias estão a florescer, mas eles também têm fé no poder da tecnologia para fazê-lo – o que é fundamental para a China uma vez que está a moldar o futuro da tecnologia mundial. Claramente que o futuro é a China.

Assim sendo, não há melhor altura para aprender chinês do que agora.

Compartilhe esse artigo

Últimos artigos de Línguas