GO Blog | EF Blog Portugal
As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
MenuRevistas Grátis

10 coisas que devias saber antes de te mudares para Dublin

10 coisas que devias saber antes de te mudares para Dublin

Andas com vontade de viajar? Não há melhor altura do que agora para começar a pesquisar e planear viagens longas para o estrageiro ou uma grande mudança para a cidade dos teus sonhos.

Dublin, aqui vais tu! No meio de toda a excitação de mudar para uma cidade nova, sabemos que também vais ter imensas perguntas. Com os nossos conselhos práticos sobre transportes e dicas culturais, vais adaptar-te à vida na capital da Irlanda num ápice.

1. Prepara-te para o tempo

Dublin tem em média 130 dias de chuva por ano. A maior parte dos dias com chuva e vento são no inverno (por isso certifica-te que levas alguns bons casacos, roupas quentes e sapatos resistentes). Mas mesmo no verão também chove. Investe num pequeno guarda-chuva que podes guardar na tua mala todo o ano. Nunca se sabe quando vai chover e é melhor estar preparada!

2. Compra um cartão SIM local

A maioria dos cafés, bibliotecas e espaços públicos tem WiFi, mas se gostavas de usar o teu telemóvel ou ligar os dados móveis sem ter que pagar taxas de roaming internacionais exorbitantes, compra um cartão SIM local. Empresas como a Vodafone e a Three vendem cartões SIM com dados móveis. Além disso, a Lycamobile vende pacotes que incluem minutos internacionais e mensagens para que te possas conectar aos teus amigos e família.

3. Conhece o Lingo

Como acontece em qualquer cidade nova, os habitantes locais terão a sua própria versão do idioma, incluindo imensas gírias novas. 'Craic' (pronunciada como 'crack') é um termo comum para diversão, humor e brincadeira. Por isso se alguém te perguntar - 'Where is the craic?' - estão a perguntar o que vais fazer enquanto procuram um pouco de diversão à moda antiga.

4. Os autocarros

Se estiveres no centro da cidade, é fácil andares por Dublin a pé. Mas, se vives nos subúrbios ou o tempo não está grande coisa, os autocarros públicos são a melhor forma de chegar até lá. Os autocarros de Dublin têm dois pisos com o destino escrito à frente. Espera na paragem de autocarros e levanta a mão quando o vires aproximar. No entanto, faz planos com antecedência - vai para lá um pouco mais cedo porque eles nem sempre passam no horário.

5. Elétrico LUAS

Há dois elétricos LUAS que ligam os bairros dos subúrbios com o centro da cidade. As linhas vermelha e verde são mais rápidas e fáceis mas ficam cheias de gente nas horas de ponta. Se estás a pensar viver nos subúrbios Sul ou Sudoeste de Dublin, verifica a distância da tua possível casa destas linhas de elétrico.

6. Leap Card

Os Leap Cards funcionam como os Oyster Cards em Londres. Compra um Leap card na loja da esquina, regista-o, transfere algum dinheiro para lá e podes usá-lo para pagar viagens de autocarro e elétrico. Os preços do Leap Card muitas vezes são mais baratos e têm descontos adicionais quando tens um Leap Card de estudante. Candidata-te online e depois verifica o teu estatuto de estudante (com algum documento de estudante) em alguma agência do Leap Card para estudantes para te darem um cartão.

7. Regista-te num médico

Não há nada pior do que ficar doente noutro país. O sistema de saúde gratuito de Dublin é excelente, por isso procura um médico local e regista-te com um GP. Se correr tudo bem não irás precisar, mas vais agradecer por tirar um tempinho para preencher a papelada com antecedência, caso te sintas doente.

8. Organiza toda a papelada

A Irlanda é um membro da UE e do EEE por isso se viajares como cidadão da UE ou do Espaço Schengen podes ficar até 3 meses sem precisar de visto. Mas vais precisar de pedir um visto de trabalho ou de estudante se quiseres ficar por mais tempo. Se fores como estudante, é provável que a tua escola ou universidade te mandem um pacote de boas-vindas com informação detalhada que deves ler e respeitar.

9. Escolhe um lado

O rio Liffey divide a cidade no 'Lado Norte' e no 'Lado Sul'. Historicamente o Sul era onde os burgueses de classe média e alta viviam, enquanto a classe trabalhadora vivia no Norte. Hoje-em-dia há uma mistura de comunidades a viver em ambos os lados do rio mas esta rivalidade histórica provavelmente ainda será alvo de piadas no pub.

10. Explora as tuas apps

A Journey Planner calcula as rotas de transportes públicos até ao teu destino, com a duração e atualizações nas partidas e atrasos em tempo real. A Uber faz pedir um táxi super fácil. Podes carregar o teu Leap Card com a aplicação Leap Top-Up. A Dublin Bus também tem a sua própria aplicação para atualizar as viagens. Se quiseres pedir comida do teu restaurante preferido da baixa, mas já estás de pijamas, a Deliveroo vai entregar a tua encomenda a casa.

Explora a incrível capital da IrlandaSabe mais
Recebe as últimas novidades em viagens, línguas e cultura na nossa newsletter GOQuero inscrever-me

Não se limite a aprender uma nova língua, viva-a!
11 línguas e
52 destinos

Sabe mais