As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

10 razões para visitar Brighton

10 razões para visitar Brighton

Brighton tem todo o tipo de ambientes e diversões que podem ser confundidas por algumas pessoas com insanidade. Conhecida por muitos como “cidade onde tudo acontece” devido à sua abertura e atitude e liberal em relação à vida. Conhecido como “Londres à beira-mar” devido à variedade de ofertas que possui (embora numa escala menor e mais controlada). Visitar Brighton é uma ótima ideia! Este é um excelente local para passar uma semana ou duas a explorar o melhor da cultura Britânica moderna e da vida de uma cidade.

Podes ver aqui as nossas 10 razões principais para visitar Brighton – e para te apaixonares pelos seus encantos peculiares.

1. Diversidade feliz

Esta diversidade e igualdade que se celebra na cidade torna impossível alguém sentir-se desajustado e a maioria dos visitantes consegue divertir-se com a comunidade local. Todos os anos, no mês de agosto, Brighton organiza o maior evento Pride do Reino Unido. O Brighton Pride não consiste apenas num desfile pelo centro da cidade, mas também inclui um festival no Preston Park e várias festas em discotecas locais. Além disso há, também, uma grande comunidade de estudantes internacionais que organiza eventos e campanhas durante todo o ano. Por isso, se estás a pensar estudar aqui, vais ter diversão durante todo o ano.

Resultado de imagem para brighton pride

2. Arquitetura impressionante

Brighton tornou-se conhecida como a “Londres à beira-mar” porque o Príncipe Regente Jorge IV veio de Londres em 1700 para construir um luxuoso palácio – um palácio construído simplesmente para as suas férias. A arquitetura do Royal Pavilion confere a Brighton uma certa grandeza que raramente se vê nas cidades costeiras Britânicas. Escondidas entre as construções modernas dos dias atuais, há também imensas igrejas e mansões que se mantêm desde a época medieval, altura em que a cidade tinha uma vila piscatória chamada Brightelm Stone.

Resultado de imagem para royal pavilion visitar brighton

3. Diversão infinita

Uma vez que Brighton está cheia de pessoas excêntricas de todo o mundo, a cidade tem uma grande variedade de atividades recreativas. Podes alugar uma bicicleta na praia e pedalar ao longo da costa, tirar fotos no topo da Brighton Wheel ou, algo menos usual, combinar ioga do riso com a tua paixão por chocolate. Ou, que tal uma noite de comédia no Komedia? Ou ouvir palestras no Nerd Nite? E se nenhuma destas opções te atrair, há rumores de que há pubs suficientes em Brighton para cada dia do ano. Isso deve entreter-te por algum tempo.

4. Festivais até dizer chega

A diversão não acaba com noites de comédia, passeios de bicicleta e pubs. Brighton também é conhecida pela sua quantidade extraordinária de eventos e festivais. Além do Brighton Festival, em que se celebra praticamente tudo (artes, música, teatro, cinema, debates…), há também o festival literário Brighton Fringe, a celebração do Pride transgénero no Pink Fringe e um evento que tem três dias consecutivos de música, o Great Escape Festival. Ah, e não te esqueças dos espetáculos no Brighton Dome, se és amante de cultua, e do Paddle Round the Pier, se a tua praia é o desporto.

5. Passeios cénicos

Quando te cansares de ir a tanta festa, dançar e cantar, dá um passeio ao longo da costa em direção ao Palace Pier e contempla o pôr-do-sol. Ou, se precisares de um dia inteiro para recuperar, a cidade tem uma série de ruas sinuosas para descobrir e cafés onde podes relaxar. Vais encontrar a maioria destas ruas sinuosas no The Lanes, um bairro de artistas independentes e casas de chá.

6. Paraíso no que toca à comida

Peixe com batatas fritas é um prato básico aqui, mas é saboroso, e até há a opção vegetariana e vegan. A cozinha internacional também está bem representada, particularmente a Indiana, com o restaurante The Chilli Pickle que disponibiliza uma grande variedade de pratos e ainda a opção de take-away, por isso, podes “viajar sem ter de te mexer”. As opções são infinitas no que toca à comida aqui e o difícil é mesmo escolher.

7. Lojas alternativas

Brighton é o local perfeito para comprar presentes ímpares. Se fores até ao Brighton’s Kensington Gardens (e não confundas com London’s Kensington Gardens que é uma viagem mais demorada de comboio), vais perceber que atrás dos torniquetes da entrada, está um centro comercial de preciosidades ecléticas – é um paraíso para curiosos. Os colecionadores de antiguidades e caçadores de artigos vintage vão se sentir como crianças numa loja de guloseimas. Lá dentro vais encontrar um monte de quinquilharias em segunda-mão que nunca pensaste que ias precisar mas vais comprar na mesma. E se, mesmo assim, não encontrares aquele presente perfeito para o teu amigo ultra-artístico, podes ir a Kemptown. Lá vais encontrar coleções clássicas de vinil no mercado das pulgas ou passar a pente fino as lojas de moda alternativa que estão espalhadas pela cidade.

Resultado de imagem para kemptown

8. Arte por todo o lado

As pessoas criativas vão adorar passear pelas ruas de Brighton. A arte é inevitável aqui. Preenche as paredes de qualquer rua, o que torna os passeios pela cidade coloridos e inspiradores (e cheios de potencial para o Instagram). Vais encontrar de tudo, desde o famoso “Beijo dos Polícias” de Banksy até ao trabalho menos conhecido do artista local Snub. Para quem tem um gosto artístico diferente, o Brighton Museum and Art Gallery tem uma coleção de Belas Artes que vai desde o século XV ao XX, uma coleção de Design e Ciência Aplicada que data do século XVII até à atualidade, e uma coleção de Arte Mundial com mais de 15,000 objetos.

9. Atrações turísticas únicas

Depois de veres as atrações mais famosas como o Royal Pavilion e o Palace Pier, é a altura de experimentares algumas atividades características de Brighton. Junta-te a um passeio a pé com fantasmas pelas ruas sinuosas do The Lanes, passa um dia numa cela dos anos 200 debaixo da Câmara Municipal ou visita o original Brighton Earthship, uma construção feita de pneus velhos e materiais reciclados. Além disso, podes, também, fazer o passeio “Only in Brighton” para ouvires histórias hilariantes e estranhas sobre a cidade e os seus habitantes. Por fim, também podes ver traços do passado Vitoriano da cidade numa visita aos esgotos no “Brighton Sewer Tour“.

10. Tradições fora da caixa

Brighton organiza um passeio de bicicleta para nudistas, tal como o “The Burning of the Clocks“, um desfile de lanternas e fogueiras para o solstício de inverno. Alguns participantes vestem-se de relógio para marcar a passagem do tempo. Depois, na manhã de Natal, é normal encontrar vários pais-natal a nadar no mar e muitas personagens estranhas na praia.

Resultado de imagem para The Burning of the Clocks

Já marcaste a tua viagem para visitar Brighton?

Queres conhecer Brighton e aproveitar para melhorar o teu inglês?Marca já a tua viagem :)

Compartilhe esse artigo

Últimos artigos de Viagem