As mais recentes novidades sobre viagens, línguas e cultura dadas pela EF Education First
Menu

Desististe da Uni? 10 Formas De Dar A Volta

Estavas prontíssimo para ser o rei da universidade. As coisas começaram bem – mas depois, o impensável aconteceu e agora estás de volta à estaca zero. Quer tenhas sido obrigado a desistir ou quiseste fazê-lo, estás provavelmente a sentir-te confuso e frágil. Mas antes de te esconderes debaixo dos cobertores e jurares que nunca mais vais falar com ninguém, ouve isto: não és a primeira pessoa a quem os estudos não correram como planeado – e definitivamente não vais ser o último. Apesar de te sentires completamente ofuscado pelas novas circunstâncias, não és um falhado por estares neste situação. Na verdade, muitos famosos empreendedores, pessoas de negócios e trabalhadores felizes não fizeram um curso universitário e ainda assim fizeram um percurso feliz e enriquecedor.

Desististe da Uni? Aqui estão dez coisas que podes fazer para recuperares mais rápido e pores a tua vida a andar:

1. RESPIRA

Isso mesmo: inspira e expira, inspira e expira. Se começares a entrar em pânico, volta ao momento em que estás e foca-te nisso. Apesar de poder parecer demasiado simples e fácil, os tempos mais atribulados e de mudança são perfeitos para praticares a tua clareza e atenção. Isto significa estares consciente dos teus ideiais, mantém-te focado, acalma-te e impede os teus macaquinhos na cabeça de andaram a correr de um lado para o outro.

2. Reconhece o que aprendeste

Mesmo que não tenhas terminado o curso, o teu tempo na universidade proporcionou-te uma série de aprendizagens importantes. Lembra-te de quando começaste e como te completamente deslocado e confuso. E agora? Bem, aprendeste a viver longe de casa. Quebraste o gelo ao falares com estranhos. Planeaste a tua agenda. Procuraste e encontraste informação. Cozinhaste por ti mesmo. Descobriste uma nova cidade. E um monte de outras coisas. Estes são todas conquistas que deves celebrar!

3. Faz-te à estrada

Tira o passaporte da gaveta – o mundo está a espera. Viajar permite-te sair da tua vida normal, dá-te um escape das perguntas dos teus familiares e amigos sobre o que aconteceu aos teus estudos e permite-te viver outras culturas, comidas, paisagens e formas de viver. Mas para onde ir? Procura inspiração em blogues, nas redes sociais, falando com amigos, desenhando ideias num pedaço de papel e fazendo o globo girar. Não há mesmo melhor maneira de começares de novo do que umas semanas (ou meses) longe do que conheces.

4. Aprende uma língua

Para andar na universidade é preciso comprometimento e tempo. Por muito que agora não fosse possível para ti dedicares-te aos estudos na universidade, não significa que não és capaz de te comprometer com algo. Aprender uma nova língua é uma ótima forma de usares o tempo que agora tens, enquanto planeias o teu futuro. Ao teres aulas, vais conhecer novas pessoas, dar-te um objectivo, irás re-descobrir disciplina e aprender uma valiosa nova skill que pode ser aplicada nos teus estudos futuros e emprego. Um passo ainda mais valioso é combinares a aprendizagem de uma nova língua com um curso no estrangeiro. Qualquer que seja a língua que queres estudar: Chinês, Árabe, Espanhol, Alemão e Francês são ótimas opções.

5. Aprende qualquer coisa!

Fotografia, cozinha, programação, design gráfico, costura, carpintaria, pintura, montanhismo, surf, música, a lista continua. Inscreve-te em aulas de alguma coisa- qualquer coisa! – para te dar ânimo, resgatares a tua confiança e dar-te um novo objectivo. Quem sabe? Podes até descobrir uma nova paixão no processo.

6. Tira o pó a um hobbie antigo

Na passagem do ensino secundário para a universidade, muitas vezes os nossos hobbies são postos de lado em favor de trabalhos de grupo e estudo para os exames. Isso é totalmente compreensível, contudo, uma vida sem interesses fora dos estudos e trabalho pode ser aborrecida. Tu sabes que tens tempo para preencher. Voltar a praticar um hobbie antigo pode ser uma ótima opção para que uses o teu tempo para relaxar e te focares e sonhares com novas possibilidades para o futuro.

7. Começa um pequeno negócio

Toda esta coisa de tirares aulas e revisitares hobbies vai pôr a tua criatividade em acção! Porque não aproveitar essa energia e combiná-la com uma pitada de empreendedorismo? Bam! És o orgulhoso novo dono de uma nova pequena ideia de negócio! Quer a tua ideia envolva freelancing, vender artesanato, gestão de eventos ou qualquer coisa completamente diferente, existem imensos blogues e comunidades online que te podem ajudar a focar e a delinear os passos para encontrares os teus clientes. Não vai ser necessariamente rápido, mas com tempo e dedicação podes vir a trabalhar a part ou full time para ti mesmo!

8. Faz voluntariado

Encontra o teu propósito e orgulha-te de ti mesmo ao fazeres voluntariado por uma causa. Não há falta de organizações a precisar de ajuda e escolher em qual irás contribuir é a primeira tarefa. Começa por pensares no que gostas. Pode ser direitos animais, ambiente, educação, acabar com a pobreza ou encontrar uma cura para uma doença. Os voluntários podem encontrar oportunidades na própria cidade, país ou no estrangeiro. Algumas oportunidades até pedem um compromisso mais a longo termo, o que significa que podes ficar durante algumas semanas ou mesmo meses a viver noutro país.

9. Encontra um trabalho a part-time

Ganhar dinheiro aumenta o sentimento de independência, o que resulta em aumento de auto-estima. Dá brilho ao teu CV (não te esqueças de incluir as skills que ganhaste com a universidade, voluntariado que tenhas feito ou organizações a que tenhas pertencido) e apanha as tuas oportunidades. Dependendo do tipo de trabalho que estás à procura, podes candidatar-te através de agências de recrutamento ou pessoalmente. Dica bónus: Se estiveres à procura de oportunidades em hotelaria ou retalho, a maioria dos gestores aprecia o esforço de ires até à loja e apresentares-te.

10. Fala com um Career Counselor

Se começares a sentir que talvez gostasses de voltar à universidade, põe a opção de falares com um career counselor antes. Ele irá ajudar-te a definir os teus objectivos e a escolheres que curso tirar e o que vais gostar. Nunca é tarde demais para começar de novo!

Estuda no estrangeiro com a EFSaiba mais

Compartilhe esse artigo

Últimos artigos de Vida de estudante